Inovação

Veja 5 cases de sucesso do uso de chatbots

Chatbot: 5 cases de sucesso

Você sabe o que são ou pelo menos conhece alguma empresa que faz uso de chatbots? Bom, talvez a resposta para a primeira pergunta seja “não” e para segunda seja “sim”, mesmo que você não tenha certeza.

Embora pareça um pouco contraditório, a explicação é bem simples. O chatbot é uma tecnologia que está sendo usada por muitas empresas para diversos fins. Pode ser que você mesmo já tenha se beneficiado.

Mas calma! Neste artigo, vamos explicar o que são chatbots e trazer 5 casos de sucesso de empresas que usam essa tecnologia e como ela está ajudando a obter novos clientes, aumentar as vendas e otimizar os processos. Confira!

O que são chatbots?

O termo vem da junção das palavras em inglês chat (conversa, bate-papo) e bots (robôs). Resumindo, o chatbot seria uma “conversa” ou “bate-papo” com robôs!

A tecnologia é baseada em inteligência artificial na forma de robôs virtuais. Eles são utilizados como atendentes de alguma empresa ou marca e podem realizar variadas tarefas ­— que vão desde responder simples perguntas até fechar um pedido (por exemplo, uma compra de pizza ou fast food, sem a necessidade de um aplicativo específico).

Onde estão os chatbots e como funcionam?

Os chatbots não precisam de um aplicativo específico para funcionar. Em geral, essa inteligência funciona com os aplicativos de trocas de mensagens (como WhatsApp e Facebook Messenger). Assim, o usuário não tem a necessidade de baixar diferentes ferramentas no seu smartphone e pode utilizar o que já possui.

A funcionalidade de um chatbot pode variar de acordo com a sua configuração. O programa atende por meio de comandos específicos, ou seja, o usuário tem que falar ou escrever frases específicas para que o robô entenda e prossiga a operação.

Ele também pode funcionar por intermédio de uma inteligência artificial de aprendizado. Com a utilização diária, o robô vai aprendendo e realizando as tarefas substancialmente.

O fato é que muitas pessoas já fazem uso dos chatbots, e as empresas cada vez mais enxergam possibilidades de crescimento com essa nova ferramenta.

Quais empresas obtiveram sucesso com o uso de chatbots?

1. The Edit

E-commerce americano que vende discos de vinil, a The Edit já vendeu mais de um milhão de discos desde que iniciou suas atividades, há oito meses. David Cotter, CEO da empresa e ex-gerente geral da Amazon, atribui grande parte do sucesso do empreendimento ao uso dos chatbots.

É difícil de imaginar que hoje em dia um grande número de pessoas se interesse por discos de vinil. Porém, Cotter diz que a abordagem com os chatbots faz toda a diferença.

Depois que os usuários permitem a instalação dos chatbots da The Edit, recebem ofertas de discos diariamente. Eles podem curtir, não curtir ou responder “sim”. Se a resposta for ”sim”, recebem um link para a compra do disco.

Porém, o sucesso não veio com o uso isolado da tecnologia, pois a presença humana ainda é muito importante.

Quando um cliente faz uma pergunta fora da configuração da ferramenta, a questão é enviada para um funcionário, que a atualiza com a resposta. Além disso, se o consumidor parecer pronto mas ainda estiver indeciso, o próprio chatbot aciona um representante para continuar e finalizar a compra.

David Cotter afirma que 70% dos clientes que iniciam a venda por meio dos chatbots concretizam o processo.

2. Uber

Sim, a empresa norte-americana que recruta motoristas particulares (e que ainda é alvo de grande polêmica aqui no Brasil) também faz uso de chatbots.

A ferramenta do Uber funciona dentro do Messenger e o cliente pode chamar o motorista com a mesma facilidade e segurança, como se estivesse utilizando o aplicativo específico da marca.

O serviço está disponível apenas nos Estados Unidos.

3. Nexus

A grande empresa de tecnologia digital também é um sucesso quando se fala na criação de chatbots. A Nexus não só faz uso, como também constrói a ferramenta para outras empresas.

Um grande exemplo disso é a inteligência artificial chamada “Luvo”, um chatbot criado pela Nexus para o banco americano RBS.

Pete Trainor, diretor da Nexus, afirma que o chatbot para um banco tem que ser diferente, pois o público é mais receoso e incrédulo quando se fala de tecnologia avançada. Mas o Luvo está conseguindo alcançar pessoas que antes seriam completamente avessas a este tipo de iniciativa.

4. Superplayer

O site de músicas também faz uso de chatbots com maestria. O bot se chama Zak, assume a personalidade de um DJ e indica música para os usuários. A ferramenta também pode ser utilizada como um verdadeiro animador de festas e toca músicas sequenciais de acordo com o gosto do público em um evento físico.

Zak pode direcionar as músicas de acordo com o artista, gênero ou até mesmo o sentimento do consumidor. O chatbot do Superplayer funciona tanto no bate-papo do Messenger quanto no do Slack.

O Dj Zack ainda dá conselhos motivacionais do tipo: “Oitenta e um por cento das pessoas trabalham melhor ouvindo músicas!”

5. Sephora

A rede mundial de vendas de cosméticos também tem o seu próprio chatbot. A ferramenta trabalha de forma um pouco diferente das anteriores, pois só oferece os produtos da marca depois que os usuários respondem um quiz interativo.

A partir das respostas obtidas, o chatbot (que também se chama Sephora) analisa os melhores produtos disponíveis para os clientes.

A Sephora entende que o chatbot não pode proporcionar o mesmo tipo de atendimento que os clientes recebem nas lojas físicas, porém vê a oportunidade de angariar consumidores que não têm tempo de visitar os pontos comerciais ou que não gostam muito de ambientes movimentados como shoppings.

O chatbot da marca foi lançado em 2016 e já é um grande sucesso entre os usuários do Messenger.

E agora, você conhece alguma empresa que faz uso de chatbots? A inteligência artificial está cada vez mais presente no nosso cotidiano e facilitando a vida de milhões de pessoas e empresas, resolvendo problemas, otimizando processos e melhorando os resultados.

O que você está esperando fazer uso de chatbots?

Saiba mais sobre estratégias de marketing e tecnologia. Assine nossa newsletter e fique por dentro de nossos artigos!

Sobre o autor

Tritone Interactive

A Tritone é uma agência de experiência e design digital. Trabalhamos para encontrar as melhores soluções que resultam em experiências por meio dos canais digitais disponíveis e, por intermédio delas, repensamos os serviços e a forma como as interações entre marcas e seus clientes podem se desenvolver, criando engajamento e fidelização.

Pioneiros em webdesign, arquitetura de informação, concepção de plataformas que automatizam processos, conteúdo, forma e função. Evoluímos naturalmente para o design de experiência porque temos a tecnologia e o design em nosso DNA. Conhecemos profundamente a importância do branding e, por isso, somos o parceiro ideal para realizar as transformações que nossos clientes buscam e necessitam.

Deixar comentário.

Share This